quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Hoje apetece-me relembrar...


Hotel CS Vintage em Pinhão








Fui a uns tempos conhecer e fiquei rendida... Para quem não conhece...

Pinhão

Bonita vila da região Norte do País, o Pinhão situa-se na margem direita do Rio Douro, sendo considerada o coração do Alto Douro Vinhateiro, onde se localizam as muitas quintas que produzem o vinho do Porto, inserida numa das áreas classificadas pela UNESCO como património cultural da Humanidade. 

Pinhão deve o seu topónimo ao rio com o mesmo nome, afluente do rio Douro, cuja bonita foz se encontra nesta localidade. 

A paisagem envolvente é de uma beleza única, rodeada de uma natureza luxuriante com o Rio Douro como companheiro e casas senhoriais, quintas e solares que atestam a riqueza que o vinho do Porto tem concedido à região, estando a vila construída em desníveis que a parecem encaminhar para o encantador rio. 

Um dos principais conjuntos patrimoniais da vila é a bonita Estação de Caminhos de Ferro, construída no século XIX, com painéis de azulejos de grande beleza retratando cenas quotidianas de Pinhão, bem como a produção do Vinho do Porto, desde a vindima, passando pelo pisar das uvas até ao transporte de rabelo até aos armazéns do Porto. 
O caminho de ferro foi um dos motores de desenvolvimento de Pinhão, que vê facilitada a comunicação às cidades onde se comercializavam os produtos da região. 

A faceta turística da vila tem crescido muito ao longo dos anos, sendo local de paragem obrigatória dos famosos cruzeiros do Douro, oferecendo uma boa oferta de restauração e alojamento, bem como bares e cafés onde se pode degustar o bom vinho do Porto, ou lojas de artesanato local.
 




segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Casas do Côro em Marialva

Um experiência para voltar a repetir... Ideal para quem precisa duma pausa !






"...a Casa do Côro proporciona a quem por lá passa um encontro com o passado. Aqui, Paulo e Carmen Romão, os proprietários da casa, tentaram criar um ambiente acolhedor, aliando o conforto da arquitectura moderna ao romantismo da decoração clássica que, à semelhança de toda a aldeia, evoca tempos passados. Das camas de dossel, aos cortinados densos, aos móveis de estilo, às casas de banho modernas e funcionais, espalhadas por cinco quartos de casal e uma pequena suite. Mas ainda há mais.
Lá dentro, a casa cheira a coisas boas. Ao calor perfumado das empadas da avó. A campo. A limpo. Da cozinha chega-nos aos ouvidos a azáfama normal que antecede uma refeição. Carmen, a dona da casa, é uma cozinheira de mão cheia. Criativa, gosta de experimentar e inventar novas iguarias para apresentar aos hóspedes. A começar pelo pequeno-almoço, que não só é a refeição mais importante do dia, como, na Casa do Côro, se transforma numa experiência inesquecível. Logo de manhã cedo, a mesa enche-se de pãezinhos e bolinhos, tarte de maçã caseira, a estalar, acabada de sair do forno.
Se precisa de relaxar do stress diário das grandes metrópoles, aproveitando o melhor que Portugal tem para oferecer em termos de gastronomia, vinhos, bom acolhimento, o calor das gentes do interior e belas paisagens, vá a Marialva. A Casa do Côroestá à sua espera, pronta para lhe proporcionar óptimos momentos de bem estar. E no fim, o único desejo de Carmen e Paulo Romão acaba por se concretizar: quem lá vai, acaba sempre por voltar."
In "Diário Económico

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Let´s play a while, shall we? - Dia 24 - Guilty pleasure


ok confesso... Adoro ir ás compras... Dá-me um prazer especial, principalmente se tiver a continha recheada :)

Let´s play a while, shall we? - Dia 23 - Your Home


Há coisas fantásticas não há? Não é minha, mas não me importava nada! Pode-mos colocar a nossa casa de sonho não podemos?

Let´s play a while, shall we? - Dia 22 - shoes


E como já começa a ser hábito,lá vou eu novamente atrasada... mais vale tarde que nunca não é? Estas botinhas tem feito as minhas delicias... Apesar de lindas (lol) são super confortáveis:)

Prendinha :)


Já há muito tempo que andava a namorar este reloginho... Ontem o meu maridinho fez-me uma surpresa e eu adorei!!! Obrigado :)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Let´s play a while, shall we? - Dia 21 - Reflection

Este tema fez-me reflectir se realmente os patrões merecem o esforço e dedicação de alguns empregados... Sempre fui uma empregada dedicada, sempre me preocupei com o meu trabalho e com a empresa para a qual trabalho.. Nunca liguei muito ás horas de sair, e se fosse necessário, mesmo sem me pedirem, ficava atá mais tarde por vezes para facilitar a vida aos outros.  Também é verdade que nunca me perguntaram o que é que andava a fazer, desde que o trabalho aparecesse feito estava tudo bem! Sou apologista que devemos lutar pela empresa para a qual trabalhamos, para assim podermos também preservar o nosso local de trabalho, e isso eu fazia todos os dias, até porque acho graça aquilo que faço. Acho graça que realmente uma mulher grávida, do dia para a noite, fica mais burra e quase que já não serve para nada... ai a minha vida.... a ver o que isto dá....

Dia não...



Definitivamente, hoje foi um dia não! Vamos esperar por melhores dias........

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Carnaval

Não gosto do Carnaval.... Porque será? Talvez se deva às minhas más experiências de infância...
Quando andava na escola chegava a casa molhada e com farinha no cabelo... Opá que horror... Lembro-me dos miudos andarem todos contentes, mas eu sinceramente não achava graça nenhuma aquilo! As pistolas de água, os balões de água, a farinha, as bombinhas de mau cheiro.... ok até gosto de serepantinas, das máscaras, das brincadeiras ditas normais.... Quem sabe não mudo de opinião um dia....

Let´s play a while, shall we? - Dia 19 - Sweet

O Amor incondicional de uma mãe pelos seus filhotes... é sem dúvida, o sentimento mais doce que se pode sentir!

 

Let´s play a while, shall we? - Dia 20 - Someone you love





Ao criar este post não tive dúvidas nenhumas.... As pessoas que mais amo neste mundo são: o meu marido, o meu feijão que vem a caminho, os meus pais e o meu irmão. Para mim, a minha familia são os meus grandes pilares! É certo que por vezes há divergências... mas quem as não tem? Adoro-vos ♥♥

sábado, 18 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Let's play a whille, shall we - Dia 16 - Water


Para ser sincera não gosto da chuva quando tenho que andar na rua... Detesto conduzir a chover, andar com guarda chuva, que o meu cabelo pareça um juba de leão em dias húmidos... Mas tenho saudades de ficar em casa, no quentinho, sem ter que sair para o quer que seja. Para além disso, a chuva faz falta e este ano ainda não tivemos dias chovosos...

Let's play a whille, shall we - Dia 16 - Mornig


Todos os dias, a mesma indecisão... O que vestir? As calças apertam, e os vestidos são práticos, mas já tenho tantas saudades das minhas calças :(
Penso que é um mal comum das grávidas quando as roupas começam a ficar desconfortáveis.

Let's play a whille, shall we - Dia 15 - Happiness


Sem dúvida, para além de ter um maridinho super amoroso e fofinho estar grávida é uma das melhores coisas que me podia ter acontecido nos últimos meses. Estou super, hiper, mega FELIZ!!!!

Let´s play a while, shall we? - Dia 14 - Youre reading

Neste momento para além dos inúmeros apontamentos de contabilidade, fiscalidades, finanças, entre outros, é mesmo o único livro que consigo ter na mesinha de cabeceira.

17 semanas

Eu estou está assim...





bebé está assim...

Imagem e informações retiradas daqui

O desenvolvimento: O cordão umbilical do bebé está mais grosso e resistente. A audição já se está a desenvolver e o bebé já consegue mexer todas as articulações. Além disso o seu esqueleto, formado por uma cartilagem ainda flexível, está a ficar cada vez mais rígido e a mielina, substância protectora, começa aos poucos a envolver a medula espinhal. Esta semana o nosso bebé está do tamanho de uma manga.

Ausência

É verdade que nos últimos dias tenho andado muito ausente... tem sido um stress! Mas porque que é que para os patrões gravidez parece ser uma doença contagiosa que se pega? Quando informei a entidade patronal que estava grávida ficaram, aparentemente, contentes, mas ao longo dos dias as coisas aqui têm alterado! Faço um trabalho muito especifico, em que estou sozinha em frente do meu departamento. Eu sei que posso de um dia para o outro ter que ficar em casa e que era conveniente que eles colocassem alguém para me substituírem, mas caramba, não precisava de ser tão rápido! Tenho tido uma gravidez tranquila, se não fosse a barriga a crescer, e as mamocas a crescer, coisa que dispensava, não saberia que estou grávida! Pode ser impressão minha, mas há qualquer coisa que não está bem, ou que pelo menos está diferente! Agora tenho uma sombra (foi o que foi dito à menina, para ser a minha sombra) e nem tempo tenho para cá vir ver as vossas actualizações :( Não me dava jeito nenhum ser despedida agora, primeiro porque gosto daquilo que faço e depois porque o dinheirinho no final do mês dá um jeitão!
Vamos esperar para ver o que vai acontecer... sempre que tiver tempo venho cá :)

Beijinho a todas

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

É um menino ♥♥♥

Ontem foi dia de consulta. Estava super nervosa, primeiro, muito ansiosa por saber o sexo do bebé e depois com medo de levar um puxão de orelhas da doutora, por causa do peso. Tivemos ali cerca de 20 minutos a virar para um lado a virar para o outro para tentar saber se era menino ou menina, até que a doutora lá se decidiu e afirmou com certeza que era um menino... Fiquei feliz por saber que era um menino que vinha a caminho.
Agora vai começar a dor de cabeça para escolher o nome... Não está fácil, mas também ainda temos tempo :)

Beijinhos ♥ 

Feliz dia dos Namorados ♥♥♥

Hoje é dia dos namorados! Sempre fui um bocadinho anti dias... acho que devemos brincar ao amor todos os dias e não só quando o calendário assim o dita! De qualquer forma,  não quis deixar passar despercebido este dia sem te relembrar que te Amo e que cada dia a teu lado é só mais um de imensa felicidade e de alegria!!♥♥♥Obrigado Amor

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Let´s play a while, shall we? - In your bag



A minha mala tem sempre imensa coisa...

Óculos
Carteiras (documentos e moedas)
Lenços de papel
Serum cabelo
Creme mãos
Creme cara
Telemóvel empresa e pessoal
Bolsinha com lápis, rimel, baton
Baton do cieiro
Pen
Pastilhas , etc, etc....

engraçado é quando preciso de alguma coisa e não encontro... procuro, procuro e não encontro :( Que chatice pah :)

Lets play a while, shall we - Dia 11 - WHERE YOU SLEEP


A esta hora estava bem aqui!! Quentinha :)

Lets play a while, shall we - Dia 10 - Chilhood


Tu andas sempre descalço... Tom Sawyer
Junto ao rio a passear... Tom Sawyer

Vês passar o barco
Rumando p’ró o sul
Brincando na proa
Gostavas de estar

Voa lá no alto
Por cima de ti
Um grande falcão
És o rei és feliz

E quando tu
Vês o mississipi
Tu saltas pela ponte
E voas com a mente

Nuvens de tormenta
Já estão por aqui,
Cobrem todo o céu,
Por cima de ti

Corre agora, corre
E te esconderás
Entre aquelas plantas
Ou te molharás

E sonharás que
És um pirata
Tu sobre uma fragata
Tu sempre à frente de um bom grupo
De raparigas e rapazes

Tu andas sempre descalço... Tom Sawyer
Junto ao rio a passear... Tom Sawyer
Mil amigos deixarás,aqui, além.
Descobrir o mundo,
Viver aventuras

Tu andas sempre descalço... Tom Sawyer
Junto ao rio a passear... Tom Sawyer
A aventura te dará o que quiseres:
Muitas emoções,
Eternos amores

Arvores e flores,
Junto de ti
Esse é o teu mundo
Somente pra ti.

Podes percorre-lo
Sempre assim
Corre e sê livre
E sonha feliz.

E quando tu
Vês o mississipi
Tu saltas pela ponte
E voas com a mente

Nuvens de tormenta
Já estão por aqui,
Cobrem todo o céu,
Por cima de ti

Corre agora, corre
E te esconderás
Entre aquelas plantas
Ou te molharás.

E sonharás que
És um pirata
Tu sobre uma fragata
Tu sempre à frente de um bom grupo
De raparigas e rapazes

Tu andas sempre descalço... Tom Sawyer
Junto ao rio a passear... Tom Sawyer
Mil amigos deixarás, aqui, além.
Descobrir o mundo, viver aventuras

Tu andas sempre descalço... Tom Sawyer
Junto ao rio a passear... Tom Sawyer
A aventura te dará o que quiseres:

Muitas emoções, eternos amores 

Quem não se lembra dos desenhos animados mais fixes da televisão? Lembro-me que vinha a correr da escola para os ver... Não perdia um episódio!
Que saudades...

Let´s play a while, shall we? - Dia 9 - Daily Routine


A minha rotina diária...
Conduzir, conduzir, conduzir... ADORO!!!

De casa para o trabalho, do trabalho para  a faculdade, da faculdade para casa.... 

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

♥ Calendário de Gravidez


Descobri uma coisa engraçada na net...

Ao longo deste mês o feijão vai sofrer estas alterações:

A data prevista para o seu parto é: 27 de Julho de 2012


 mês anterior Fevereiro 2012 mês seguinte 
Domingo
Segunda
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
Sábado
1
Confirme se fez todos ostestes aconselhados para garantir uma gravidez saudável.
2
Se apanhar uma constipação, odescanso e os vapores são o melhor remédio. Experimente.
3
13ª semana de gestação e 15ª após o UPM. O feto mede cerca de 12,5 cm e pesa cerca de 80 grs.
4
Se sentir mais de 5 contracções/hora, fortes cãimbras e dores nas costas vá ao médico.
5
Não se assuste com as contracções de Braxton Hicks, pois elas são uma forma do seu corpo se preparar para o parto.
6
Relaxe folheando "O Jardim Encantado" de Anne Geddes"
7
Comece a planear o parto. Por exemplo já pensou onde quer ter o bebé?
8
Adicione ervilhas à sua salada. Estas são uma boa fonte de ferro e proteína.
9
O útero está aproximadamente a meio caminho entre o osso púbico e o umbigo.
10
14ª semana de gestação e 16ª após o UPM. O feto mede cerca de 14 cm e pesa cerca de 120 grs.
11
Os movimentos do corpo já são coordenados e a cabeça já está erguida.
12
Os olhos deslocam-se progressivamente para o centro da cara e movem-se ligeiramente.
13
O bebé agora, para além de chuchar, engolir, etc, já pisca os olhos.
14
Inchaço nas mãos e pés? Beba bastantes líquidos, descanse sobre o lado esquerdo e consulte o obstetra.
15
Começam a desenvolver-se as unhas dos dedos dos pés.
16
Evite os banhos de sol que lhe podem provocar pigmentação irregular na pele.
17
15ª semana de gestação e 17ª após o UPM. O feto tem cerca de 16 cm e pesa cerca de 155 grs.
18
Visite o Hospital ou Clínica onde vai ter o bebé. Familiarize-se com os procedimentos.
19
Os pimentos doces fornecem-lhe uma boa dose de vitamina C e são saborosos nas saladas. Experimente.
20
Se estiver a pensar em viajar durante a gravidez, consulte o seu médico.
21
Se usar roupa de fibras naturais e um bom soutien pré-mamã sentir-se-á muito mais confortável.
22
Esta é uma semana de rápido crescimento. Verifique o seu peso e meça a sua cintura.
23
Ao marcar a ecografia, não se esqueça de perguntar se a podegravar em vídeo cassete.
24
16ª semana de gestação e 18ª após o UPM. O feto tem cerca de 18 cm e pesa cerca de 200 grs.
25
Esta é, em média, a altura em que as futuras mamãs se apercebem dosprimeiros movimentos do feto.
26
O crescimento do corpo do bebé está a começar a acompanhar o crescimento da cabeça!
27
Os membros inferiores do bebé estão a ficar mais compridos e os ossos mais duros.
28
Se o bebé for uma rapariga, os ovários já contêm folículos com óvulos.
29
As orelhas já quase se podem dobrar e estão na posição correcta.
Atenção: Em condições normais o parto pode ocorrer entre duas semanas antes e duas semanas depois da data assinalada.

Eh Eh Eh... O meu bebé está a ficar um ser humaninho:) Vai bebé, vai bebé!!!

semanas de gravidez vs meses


Uma coisa que sempre me "chateou" nas grávidas, era quando perguntava de quanto tempo estavam, respondiam-me em semanas... Opá eu nunca tinha ficado grávida, tinha que estar a fazer contas às semanas para ver quantos meses dava! Encontrei esta tabela que me ajudou bastante :)

DE SEMANAS PARA MESES

de 1 a 4 semanas e meia = 1 mês de gravidez
de 4 semanas e meia a 9 semanas = 2 meses de gravidez
de 9 semanas a 13 semanas e 2 dias = 3 meses de gravidez
de 13 semanas e dois dias a 17 semanas e 5 dias = 4 meses de gravidez
de 17 semanas e 5 dias a 22 semanas e 1 dias = 5 meses de gravidez
de 22 semanas e 1 dia a 26 semanas e 4 dias = 6 meses de gravidez
de 26 semanas e 4 dias a 31 semanas = 7 meses de gravidez
de 31 semanas a 35 semanas meia = 8 meses de gravidez
de 35 semanas e meia a 40 semanas = 9 meses gravidez

♥ Gravidez - Quando o corpo muda


"As alterações físicas que se produzem durante a gestação são tão espectaculares que quase poderia dizer-se que uma grávida é uma nova mulher todos os dias.



Todas as alterações anatómicas e fisiológicas que acontecem no corpo de uma mulher durante a gravidez não são mais do que uma demonstração do bem preparado que ele está para conceber e alimentar o bebé durante nove meses. Estas transformações resultam numa ampla variedade de novas sensações. Quando a mulher consegue compreender as causas destas mudanças deixa de receá-las e aceita-as melhor, o que torna mais efectiva a tarefa de prevenir ou aliviar os pequenos mal-estares que a gravidez origina.
O útero
As alterações mais precoces e evidentes costumam acontecer no sistema reprodutivo da mãe. Os vasos sanguíneos do útero e da vagina aumentam de dimensão durante os nove meses da gravidez. Ao mesmo tempo, as veias da zona pélvica também crescem e actuam como reservatório para garantir a chegada de sangue ao útero e para que o embrião se mante-nha com um fluxo constante. Obviamente, o crescimento dos vasos acompanha-se de um sistemático crescimento do útero, que ao chegar ao momento do parto deverá ter aumentado entre 500 e 1.000 vezes mais do que o seu tamanho anterior à gravidez. Para compreender melhor como se produz o crescimento uterino podemos dizer que o volume que pode alojar este órgão antes da gravidez é de 10 mililitros (equivalente a duas colherinhas de chá), enquanto que no fim da gravidez pode conter entre 5 a 10 litros. Perto do final da gravidez, o útero toca na parte inferior do fígado e eleva, em dois centímetros, o músculo do diafragma, que é o encarregado de separar os órgãos torácicos dos abdominais. Consequentemente, esta elevação do diafragma modifica as posições do coração e dos pulmões. O colo do útero também sofre as suas próprias modificações. Antes da gravidez o colo é firme e muscular, mas durante a gestação fica macio (passa de ter a consistência da ponta do nariz a ter a consistência dos lábios). Este amaciamento deve-se também ao crescimento dos vasos sanguíneos. Devido às modificações hormonais, as glândulas que se localizam no interior do cérvix produzem o rolhão mucoso, que serve para fechar o colo do útero e isolá-lo da vagina, para evitar a subida das bactérias vaginais. Este rolhão mucoso permanecerá no colo do útero até ao aproximar do trabalho de parto.
O peito
O peito também se modifica de maneira extraordinária. Poucos dias depois da falta da primeira menstruação, começa a sentir-se mais sensível – e às vezes dorido – e aumenta sensivelmente o seu tamanho. Estas sensações devem-se à ingurgitação mamária própria do crescimento dos alvéolos e dos canais galactóforos. Os níveis de aumento dos estrógenos e da progesterona são os causadores das modificações no peito. No segundo trimestre, e como resultado do crescimento mamário, aparecem algumas estrias, e a auréola pigmenta-se excessivamente em redor do mamilo, que aumenta de tama-nho e se torna mais escuro. Esta modificação na cor das estrias e das auréolas costuma ser mais importante nas mulheres de pele escura. No terceiro trimestre pode surgir colostro – um fluido espesso, cremoso e pegajoso, e cada vez mais amarelado – que sai pelos mamilos. Este colostro é igual ao que servirá de alimento para o bebé durante a primeira semana até que o leite amadureça. É uma substância rica em proteínas, em gordura e em imunoglobinas.
Estrias: as piores inimigas
Um dos pesadelos mais frequentes para as grávidas são as estrias. E é lógico que assim seja, dado que aproximadamente metade delas irá sofrer com isso. As estrias produzem-se quando se rasga o tecido elástico que está imediatamente abaixo da pele. São linhas muito suaves na superfície da pele, avermelhadas ou roxas logo que surgem, e que depois do parto adquirem um tom nacarado. Na realidade, não desaparecem, mas depois do parto notam-se francamente menos. Embora não seja muito o que se pode fazer para as prevenir – a genética tem um papel preponderante nisso e contra ela nada pode fazer-se –, o uso de cremes específicos contribui para atenuá-las. Uma medida útil é controlar o aumento de peso durante a gravidez, ou seja, não aumentar mais do que o necessário, uma vez que o peso a mais provoca uma maior distensão nos tecidos.
As hormonas e o Sol
Uma das consequências das alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez é uma maior pigmentação da pele e o aumento da sensibilidade aos raios de Sol. Esta pigmentação deve-se ao aumento da progesterona e estrógenos que se produz desde o início do segundo mês até ao seu términos. Devido a que estas hormonas são melanocito-estimulantes, o seu aumento traz juntamente uma maior produção de melanocitos, que são as células que produzem o pigmento que determina a cor da nossa pele. As zonas mais afectadas nas mulheres são o rosto, o pescoço, os mamilos, e a linha média do abdómen, particularmente abaixo do umbigo. A exposição ao Sol e as lâmpadas solares podem acentuar a pigmentação, pelo que se recomenda o uso de protectores solares.
"Aranhas"
As "aranhas" vasculares ou "spiders" – que aparecem em mais de metade das mulheres durante a gravidez – são originadas pelos altos níveis de estrógenos que enfraquecem as paredes dos vasos pequenos. Trata-se de pontos avermelhados rodeados de linhas vasculares que aparecem sobre a pele e que se localizam, principalmente, no rosto, no peito e nos braços. Na maioria dos casos costumam desaparecer depois do parto, pelo que não é necessário tomar nenhuma medida antes do mesmo.
O que se passa com o sangue?
À medida que a gravidez avança, o volume de sangue da mãe incrementa-se notavelmente. Este aumento – necessário para alimentar o bebé e o grande reservatório que é o útero -, também protege o bebé das bruscas alterações de pressão sanguínea da mãe e ajuda a suportar a perda normal durante o parto. À medida que o volume sanguíneo aumenta, também aumentam os glóbulos vermelhos. No entanto, este aumento é menor do que o plasma no qual nadam. Por esta razão os resultados das análises de sangue da mulher grávida são diferentes, quer dizer que os seus valores diferem daquelas que não estão grávidas. Estas diferenças manifestam-se basicamente nos valores do hematócrito, hemoglobina, e na contagem de glóbulos vermelhos, que na grávida são sempre mais baixos.
A tensão arterial sobe ou desce?
A tensão arterial tenderá a descer no início, principalmente durante o primeiro trimestre, para estabilizar no segundo, com uma ligeira tendência a aumentar no último trimestre. Devido a tratar-se de um processo normal, não é aconselhável tomar nenhuma medicação. Uma medida útil para aliviar os mal-estares causados pela hipotensão é adequar as actividades diárias e destinar uma maior quantidade de tempo ao repouso.
Os edemas
A retenção de líquido nos tecidos – edema – faz com que, perto do final da gravidez, os pés e as pernas inchem. Estes edemas são causados pela pressão que o útero exerce sobre a veia cava inferior, encarregue de levar de regresso ao coração todo o sangue proveniente dos membros inferiores. Não deve nem pensar nos diuréticos para melhorar esta situação; descanse sempre que possa com as pernas no sentido horizontal ou então use meias de descanso. Elevar as pernas não soluciona o problema, a única coisa que faz é mudar o edema de um lugar visível – os pés – para um onde não se vê – as costas. Por outro lado, o repouso na posição horizontal melhorará a filtragem do sangue pelo rim e aumentará a quantidade de urina que se elimina, fazendo com o que os edemas melhorem.
A respiração também muda
Paralelamente às modificações que se observam no coração e nos vasos sanguíneos, no sistema respiratório também se produzem mudanças. O crescimento constante do útero faz com que o diafragma – músculo que separa o abdómen do tórax, lugar onde se alojam os pulmões – vai-se deslocando para cima. À medida que a gravidez avança, os pulmões vão tendo menos lugar para se expandir, pelo que a quantidade de ar que entra em cada inalação vai diminuindo. Esta descida na entrada de ar compensa-se respirando mais rapidamente.
Incómodos do primeiro trimestre
As alterações no sistema digestivo são muitas e sentem-se rapidamente devido aos incómodos que provocam. Começa no primeiro trimestre com náuseas, vómitos, mudanças nas preferências alimentares, e modificações no ritmo de evacuações que vão desde a obstipação – muito frequente – até à diarreia. Estas alterações devem-se ao brusco aumento hormonal que produz no organismo a presença da gravidez. Mas não desanime! Todas estas consequências geralmente melhoram ao terminar o primeiro trimestre.
Obstipação. Porquê?
O excesso de progesterona presente durante a gravidez provoca o relaxamento dos músculos lisos que são os que formam as paredes de órgãos tais como o estômago, o intestino e o útero. Isto faz com que a digestão e o trânsito intestinal sejam mais lentos, o que provoca obstipação. Ao mesmo tempo, a acidez do estômago que costuma sentir-se durante este período – e que tende a acentuar-se à medida que o útero cresce – é causada pela relaxação do esfíncter superior do estômago.
O que acontece com a boca?
É frequente que durante a gravidez as gengivas estejam inflamadas e sangrem espontaneamente ao escová-las. Esta perda de sangue é outro dos efeitos que produzem as alterações hormonais. É sempre aconselhável efectuar uma visita ao dentista. No entanto, geralmente a perda de sangue não desaparece completamente até depois do parto.
O peso certo
Uma das alterações que mais preocupa a mamã é o aumento de peso. Os valores considerados normais são variáveis – entre os 8 e os 15 quilos –, e dependem muito do peso que a mulher tinha quando ficou grávida. Além disso, o aumento não é seme-lhante em todos os meses de gestação, uma vez que o aumento do peso fetal também não é. Quando o aumento de peso é considerável ou não existe, convém consultar um nutricionista. Não é aconselhável realizar dietas especiais sem o devido controlo médico.
As infecções urinárias
Assim como acontece com o tracto digestivo, durante a gravidez, o músculo liso das paredes do sistema urinário também se encontra relaxado pelo efeito da progesterona. As consequências disso manifestam-se através de uma maior frequência de infecções urinárias e de um maior número de micções por dia, facto que se vê agravado pela pouca distensão que a bexiga tem, ao ser cada vez mais comprimida pelo útero."


A caminho das 16 semanas, as transformações no corpo já são evidentes...